Saiba como banhar o seu bebé

Se a chegada de um bebé traz consigo alguma azáfama e cuidados especiais, quando precisar dar-lhe banho surgirão mil e uma perguntas na sua cabeça, certo? Com que frequência devo dar banho ao meu rebento? Como será que devo segurá-lo? E a temperatura da água? O que preciso? Entre tantas outras.

Nesta publicação, o blogue Dona Erago vai orientá-la/lo na medida em que o momento do banho do bebé, em vez de um momento de grande tensão, se transforme num momento de cumplicidade entre os pais e o pequerrucho.

Um recém-nascido – ou um bebé até aos seus primeiros 6 meses – terá um banho diferente daquele de um bebé até aos 3 anos de idade. Contudo, os cuidados não diferem totalmente.

Antes do banho
Recomenda-se, expressamente, o uso de uma banheira de plástico própria para o banho do bebé. Os bebés podem afogar-se em menos de uma dezena de centímetros de água, então usar a sua própria banheira para este momento e tornar a experiência desconfortável para a mãe que precisava até de estar de joelhos no chão, é uma melhor ideia usar a banheira de plástico apoiada numa bancada ou até no lavatório.

Verifique o ambiente. Este tem que ser acolhedor e quando as portas e janelas se fecharem não podem existir correntes de ar. Adultos são sensíveis a mudanças de temperatura por correntes de ar, para os bebés é devastador. Assim, tenha a certeza que o ambiente está “à prova de infiltrações de ar”.

Tenha consigo tudo o que vai necessitar:

 

  • Uma toalha de algodão
  • Copo para auxiliar no banho
  • Soro fisiológico, opcional
  • Roupinha limpa para o bebé (incluí a muda de fralda)
  • Toalhitas
  • Uma escovinha ou um pente
  • Sabão/sabonete ou gel de banho neutro
  • Bolas de algodão
  • Shampoo adequado para bebés

E a esponja? Esqueça-a. A esponja é um meio perfeito para fungos e proliferação de bactérias. A menos que use esponjas descartáveis, as suas mãos será tudo o que precisa para banhar o seu bebé.

Leve o seu bebé para o espaço onde dará o banho, monte a banheira de plástico e encha-a de água a uma altura de até 7cm. Primeiro, encha alguma água fria e então verta, aos poucos, a água quente até atingir uma temperatura de, no máximo, 37ºC. Pode usar um termómetro para isso embora aquele “velho truque” do pulso, cotovelo ou costas da mão para sentir se a água está quente é bastante eficaz.
Dispa o seu bebé e se a zona da fralda estiver suja, limpe desde já para que não suje a água do banho. Higienize as suas mãos e mãos à obra! Pode começar agora a cantar uma música favorita do seu rebento ou contar-lhe uma história numa voz suave e alegre. O banho é um momento estranho para o bebé e são muito comuns os choros! Assim, faça-o sentir-se seguro com a sua voz mais carinhosa.

Durante o banho
Segure o seu bebé sempre com muito cuidado! A pele molhada do bebé vai parecer mais escorregadia do que o normal, trazendo alguma aflição para os pais. Tudo vai depender do que lhe der mais jeito mas é comum segurar-se o bebé com o braço esquerdo e usar a mão direita para lavá-lo.

Apoie os ombros e a nuca do bebé no seu braço e mergulhe o corpo na água morna da banheira; começando pelos pés e gradualmente introduzindo todo o resto do corpo.

É recomendado que comece o banho de cima para baixo e da frente para trás.
Sempre com muito carinho, deslize a sua mão molhada pelo rosto do bebé. Limpe bem os cantinhos dos olhos, os contornos do nariz e das orelhas com o auxílio de uma das bolas de algodão embebidas na água ou no soro fisiológico. Recorda-se que deve estar sempre a falar com o seu bebé? Faça-o! Este momento de banho vai aproximar pais e filhos cada vez mais.

Quanto aos cabelos do bebé, utilize o shampoo específico e em pequena quantidade. Com a ajuda da escovinha, penteie suavemente os cabelos do bebé e com o copo de água entorne a água limpa pelos seus cabelos para retirar a espuma.

Então proceda para a lavagem do peito, braços, pernas do bebé e genitais com o sabão neutro. Aconselha-se que não aplique diretamente o produto na pele do bebé por esta ser bastante sensível e propícia a reações alérgicas. Faça espuma nas suas próprias mãos e então vá lavando delicadamente a pele do pequeno. Recorrentemente, vá vertendo copos de água pelo corpo do bebé para evitar que este sinta frio e também para ir retirando a espuma do corpo.

Em seguida, há que virar o bebé com as costas para cima para proceder ao banho desta zona e também do rabiosque. Pronto!
Envolva o bebé na toalha de algodão e seque-o bem. Antes de o vestir, envolva-o numa toalha seca, com capuz e igualmente fofa e de algodão para lhe proporcionar calor.
Nota: Se o bebé ainda tiver a zona do cordão umbilical em processo de cicatrização, deve-se proceder à higienização deste local e prestar-se atenção a qualquer irritação ou inflamação que precise do acompanhamento pediatra.

Após o banho
Depois do banho, há que garantir que todas as dobrinhas na pele do seu bebé estejam secas e seja prestada maior atenção à zona da fralda. Caso apresente assaduras, é a hora de colocar uma pomada hidratante, própria para a pele dos bebés, antes de voltar a colocar a fralda.

Está na hora de voltar a vestir confortavelmente o seu bebé. Não se esqueça dos carapins!

Quando e com que frequência devo dar banho ao meu bebé?
Existem pais que dão banho todos os dias ao bebé mas isto não é de todo necessário até ao momento em que começam a engatinhar pela casa e sujar-se mais. Banhe o bebé dia sim, dia não e numa hora que sinta que seja melhor para a criança. Alguns bebés preferem o banho antes de dormir – e este proporciona-lhes um sono mais tranquilo – outros preferem banho ao acordar. Experimente diferentes horas do dia para ver qual é o momento mais adequado.

Como constatou, banhar o seu bebé não é um “bicho de sete cabeças”! Deve ser visto como um momento único, de intimidade entre pais e filhos, a hora mais bonita do dia. Aproveite, vai passar tão rápido! E não se esqueça, a Dona Erago está ao seu dispor: temos uma coleção de artigos de bebé e maternidade à sua espera para lhe proporcionar momentos felizes com o seu bebé.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *